Juntos somos mais fortes – Colaboração e confiança

Juntos somos mais fortes – Colaboração e confiança

Você acredita que vivemos um mundo em crise ou transição? As mudanças estão acontecendo em uma velocidade tão rápida que temos uma sensação de medo e insegurança. O grande aumento de desemprego e uma eleição tão polarizada com ambos os lados com posições radicais afirmando que os outros estão “errados” são sinais que mostram que o sistema atual está se esgotando.

Quando conheci o Movimento Maker achei que era uma forma mais moderna do “Faça você mesmo”. Uma das melhores lembranças de infância é do meu pai fazer carrinhos de rolimã. Quero destacar a frase do post “Movimento Maker“.

Como toda frase inspiradora é bonita, mas na prática há inúmeros desafios. Desde que fui vencedor do evento Edu4.me em 2015 com a ideia da Escola online de Programação/Robótica (Konfide Education), mergulhei no universo do Movimento e da Educação Maker com tal intensidade que se tornou minha MISSÃO.

Conheci pessoas incríveis e projetos de educação inovadores, mas hoje acordei inspirado para escrever este artigo porque descobri uma das razões porque muitos projetos não fluem como esperamos.

Colaboração vs Competição

Se perguntarmos para as pessoas se elas são invejosas, orgulhosas ou desonestas praticamente todas vão dizer que não são. Se perguntarmos se são colaborativas, humildes e honestas praticamente todas vão afirmar que são.

A verdade é que todos temos nosso lado bom e nosso lado sombra. A foto abaixo é muito especial, pois o Tadeu Braz é uma daquelas pessoas que você fica encantando em conhecer. Conheci ele por causa de FLOREIRAS que ele colocou na calçada e acabamos nos tornando amigos. Ele ficou encantado com meu trabalho de ORIGAMI e Educação Maker e cedeu o espaço da sua empresa (Brazhuman.com) para criarmos o Espaço Maker Butantã.

Um dos problemas que percebo em vários makers (eu inclusive) é que fomos “educados” desde pequeno para sermos COMPETITIVOS. Com isso, vejo que muitos makers estão com projetos pessoais de forma ISOLADA. A maior parte dos espaços maker não se integram com outros espaços e cada um segue com as dificuldades de se manterem sustentáveis.

 

 

Primeiro vídeo gravado com as ideias iniciais

Primeiro encontro no Espaço Maker Butantã com pais/mães e filhos

Confiança vs Medo

O paradigma da sociedade baseada no MEDO lembra o filme “Matrix” onde as pessoas preferiam viver o “sonho” da Matrix, ao invês de viver a REALIDADE. A maioria das organizações sociais (empresa, família, igreja, etc.) tem base no medo e não na CONFIANÇA.

O Movimento Maker na sua essência tem como base a CONFIANÇA. O problema surge com o fato de várias empresas que estão surgindo terem como base o modelo tradicional de empresas baseadas em SÓCIOS e INVESTIDORES que tem como base a competição/escassez.

Como podemos fazer a transição para modelos baseados em CONFIANÇA?

A palestra de um dos fundadores do Airbnb que fala sobre “Como criar a CONFIANÇA a partir do design” é incrível e gosto da frase que ele afirma que “transformar o medo em diversão é um dos maiores desafios”.

 

Crianças colaboram e confiam

Meu filho de 9 anos adora vídeos do Youtube de máquinas cinéticas. Ontem ele mostrou um vídeo incrível e disse que queria montar o projeto. Começamos a fazer o desenho no Inkscape e está ficando bem legal. Gravei o vídeo mostrando como virou uma aula de Inkscape, matemática, geometria e tudo a partir do interesse dele e de estar ATENTO para atender essa demanda de APRENDIZADO.

Uma reflexão para pais/mães e educadores é que numa noite de sábado eu poderia ter tido outra atitude como deixá-lo jogando Roblox ou vendo vídeos, mas sentamos por mais de 1h com 100% de FOCO no PROJETO que ele trouxe.

Como está sua atenção para perceber os projetos que seu filho ou aluno te trazem?

 

 

Makers fazem juntos? E SE… fizermos JUNTOS ONLINE?

Confesso que não é fácil replicar no Inkscape apenas vendo o vídeo, além disso não tenho uma cortadora laser disponível para fazer os testes.

O INSIGHT que tive foi de perceber que também continuo no paradigma da competição/escassez. Me empolguei com o projeto, mas teria que investir muito tempo para finalizar e para fazer todos testes indo em um lugar que tenha cortadora laser.

E SE compartilhasse os arquivos para outros MAKERS ajudarem?

Para vivenciar o novo paradigma da Colaboração/Abundância/Confiança tive a ideia de abrir um diretório no Google Drive e compartilhar o arquivo e pedir ajuda para outros makers. O que achou da ideia?

Topa ajudar e também compartilhar seus projetos? Acesse a pasta “Máquinas Cinéticas” e colabore.

Comprar por que papai?

O Etsy é um site bem legal onde você pode comprar ARQUIVOS prontos como esta “Marble Machine Kit“.

Falei para meu filho que poderíamos comprar para produzir vários kits. Ele me perguntou porque precisamos comprar…

Caiu outra ficha que seria JUNTAR OS MAKERS e montar um “Etsy Brasileiro” para criarmos produtos JUNTOS.

No primeiro encontro no Espaço Maker Butantã fiz um DESAFIO para que neste Natal, ao invés de comprar presentes…

A GENTE FAÇA OS PRESENTES DE NATAL, BORA?

Ana Thomaz – Invente sua profissão

Em 2013, quando descobri a desescolarização fui pesquisar no Youtube e o vídeo da Ana Thomaz foi um dos mais marcantes. Por uma incrível sincronicidade, vi este outro vídeo sobre “O Trabalho está em NÓS” e achei importante fechar este post com ele.

Em um trecho do vídeo ele fala que ela inventa a própria profissão.

Será que os MAKERS serão as pessoas que inventam suas profissões?

2018-11-04T07:51:52+00:00